Tudo Sobre Catapora

Catapora em bebê é algo sério

A catapora, também conhecida como Varicela, por causa que o vírus que causa essa doença se chama Varicela zoster, é um tipo de vírus do herpes, altamente contagiosa. A catapora causa uma erupção cutânea, que geralmente coçam bastante e até podem causar pequenas lesões na pele. Essas lesões viram bolinhas vermelhas, com um liquido transparente, que depois de um tempo elas secam e torna-se casquinhas. No decorrer do tempo em que o doença se alastra pelo corpo, outras bolhas como essas vão surgindo.

Os primeiros lugares a se encontrar essas manchas é no rosto, cabeça e no tronco, sendo que posteriormente elas se espalham por todo o corpo. Em alguns casos de varicela, também podem surgir essas manchas nos órgãos genitais ou até na boca, em forma de aftas. Embora em alguns casos o aparecimento pode ser menor, geralmente surgem entre 250 a 500 bolinhas vermelhas nas crianças.

Catapora em bebês

Catapora em bebê

Embora catapora em bebê seja algo sério, principalmente por ele estar em seus primeiros meses de vida e ainda com pouca imunidade, se você cuidar dele corretamente não haverá complicações mais graves.

Caso seu bebê contraiu a varicela, ele não deve ter tomado a vacina contra catapora que é adicionado a vacina tríplice viral, e se o vírus já começou se apresentar então a única coisa a fazer é tomar os cuidados necessários para que não piore tanto. (Obs: essa vacina está disponível apenas para crianças acima de 12 meses de idade, e que ainda não tiveram infecção desse vírus).

Caso seu bebê teve contato com alguma outra criança com catapora, num prazo de até 48 horas, converse com seu pediatra pois pode ser possível imuniza-lo para não contrair a infecção do vírus.

Quando existe catapora em bebê, o melhor a se fazer é ajuda-lo a evitar que as feridas cocem, e uma das maneiras de se fazer isso é dando banho morno a cada 3 horas, inclusive colocando maseina ou aveia, ou até mesmo permanganato de potássio na água (dentro de um paninho fechado e não despejar na água).

Você tem que fazer o possível para evita-lo que ele coce. Talvez uma criança seja mais fácil, mas catapora em bebê já é mais difícil pois ele depende totalmente de você para tudo. Portanto, deixe as unhas do seu bebê cortadas e fique de olho para que ele não coce as feridas. Caso alguma venha a infeccionar, procure seu médico para que ele receita um creme antibacteriano.

A febre, um dos sintomas da catapora, pode ser controlada através da ingestão de paracetamol ou ibuprofeno, na quantidade indicada pelo médico.

Em alguns casos de catapora em bebê, o bebê acaba ficando tão agitado por causa da coceira que a varicela dá que o médico poderá receitar um anti histamínico, que irá reduzir a coceira e deixar o bebê menos agitado.

Catapora em bebê não é fácil, pois se saudável os bebês já costumam dar trabalho, imagine doentinhos. Mas como você viu, tomando esses pequenos cuidados, você pode amenizar bastante a doença.

Existe risco para mulheres grávidas?

No caso de gestantes que nunca tiveram catapora, elas devem ficar longe de crianças ou pessoas que estejam com a doença, visto que isso pode causar complicações para o feto. Se você tem um filho que está com varicela, deixe-o longe de bebês pequenos, que ainda não tenha tomado a vacina contra a catapora, para que elas não contraiam a doença.

Nome da vacina contra catapora

O nome da vacina contra catapora é vacina anti-varicela, sendo que varicela é o nome científico da catapora.

Em 2013, a anti-varicela (nome da vacina contra catapora) foi adicionado à vacina tríplice viral, formado assim a vacina tetra viral, fornecido pelo SUS. Além disso, essa vacina também conta combate o sarampo, caxumba e a rubéola, além claro da catapora.

A vacina contra catapora é indicada a partir dos 12 meses de idade, sendo recomendado aos 15 meses, junto com o primeiro reforço da vacina tríplice bacteriana e da vacina contra poliomielite.

Embora a catapora possa afetar tanto as crianças quanto os adultos, geralmente isso acontece na escola e em alguns bebês, mas até os 15 meses é possível segurar sem que o bebê contrai catapora.

Se você não já é adulto e ainda não tomou, também poderá tomar, e agora que já sabe o nome da vacina contra catapora fica até mais fácil.

Nome da vacina contra catapora

Sintomas da Catapora

A catapora é uma doença que atinge tanto adultos quanto crianças, sendo as crianças as mais afetadas pela doença. A transmissão acontece por contato direto com o líquido da bolha ou por meio do espirro ou tosse da pessoa infectada. Porém, tem pessoas que mesmo não apresentando os sintomas da catapora podem transmitir a doença facilmente através desses meios.

Catapora – Sintomas

A catapora possui vários sintomas, sendo que eles começam a aparecer de um a dois dias antes das erupções na pele causada pela doença. As erupções permanecem por cerca de quatro a cinco dias, sendo que a catapora dura em média de 5 a 10 dias. Portanto, uma pessoa pode estar infectada e passar para a outra sem mesmo ter tido os sintomas.

Justamente por esse motivo a catapora é transmitida muito facilmente na escola, pois uma mesma criança transmite para várias, e só é possível descobrir quando os sintomas aparecem, e até lá varias crianças já foram infectadas.

Abaixo segue uma relação dos sintomas da catapora.

Sintomas da Catapora - Febre

Sintomas da Catapora – Febre

Sintomas da Catapora - Dor de Cabeça

Sintomas da Catapora – Dor de Cabeça

Sintomas da Catapora - Mal Estar

Sintomas da Catapora – Mal Estar

Sintomas da Catapora - Perda de Apetite

Sintomas da Catapora – Perda de Apetite

Sintomas da Catapora - Dor de Barriga

Sintomas da Catapora – Dor de Barriga

Sintomas da Catapora - Bolhas Avermelhadas

Sintomas da Catapora – Bolhas Avermelhadas

Sobre as bolhas que surgem no corpo, os sintomas se iniciam na face, tronco e couro cabeludo, e a partir dai começam a aparecer no resto do corpo. O sintoma das bolhas também aparecem na boca, vagina e pálpebras.

Um ou dois dias após o surgimento das bolhas, elas começam a ficar acinzentadas e viram crostas. Outras novas bolhas estarão surgindo.

As crianças com sistema imunológico problemático poderão apresentar os sintomas da catapora mais graves. Isso pode acontecer por causa de medicamentos, como é o caso de quimioterapia ou esteroides, e também por causa de doenças.

O mais comum é que esse sintoma se apresente entre 250 a 500 bolhas, mas em crianças com problemas de pele, como dermatite atópica, elas podem ter mais do que 1500 bolhas.

O que fazer se diagnosticar os sintomas da catapora

Primeiramente, se você for um adulto, tente não ficar perto de crianças, principalmente toca-las ou tossir e espirrar perto delas. Como a maioria dos adultos já pegou catapora quando criança, não terá tanto problema em ter contato com adultos.

Se o seu filho que está apresentando os sintomas da catapora, não deixe ele ter contato com outras crianças que ainda não pegaram catapora. As crianças não tem muita noção e as suas principais brincadeiras são de ‘encostar’, e provavelmente o vírus será transmitido.

Se você diagnosticou os sintomas da catapora, vá até o posto de saúde mais próximo de você para o médico diagnostica-lo e saber se o que você tem realmente é catapora, embora tenha grandes chances de ser, principalmente se o sintoma que você tem seja as bolhas.

Para amenizar os sintomas, será aplicado a vacina contra catapora. Obs: caso não saiba qual o nome da vacina contra catapora, clique no link.

Essa vacina não irá cortar o vírus mas ajudará que a doença fique um pouco mais fraca, principalmente no caso das crianças que não conseguem se controlar para não coçar a pele.

Vacina contra Catapora

O nome da vacina contra catapora é vacina anti-varicela, sendo que este é o nome cientifico da catapora. Essa vacina é produzido com o vírus varicela-zoster atenuado. No ano de 2013 essa vacina contra catapora foi adicionado a varcina tríplice viral, formando a vacina tetra viral, e este é fornecido pelo SUS.

O que é catapora?

A catapora é uma doença que podem afetar tanto adultos quanto crianças. Grande parte dos casos de catapora acontece com crianças com menos de 10 anos de idade. A catapora se apresenta por centenas de bolhas espalhadas pelo corpo que geralmente causam coceira, se  rompem e encrostam.

Não é uma doença tão grave pois geralmente costuma ser moderada, embora podem ocorrer algumas complicações sérias em alguns casos específicos. Normalmente, a catapora afeta de forma mais grave os adultos ou as crianças um pouco mais velhas que as crianças pequenas ou bebês.

A catapora pode chegar a aparecer entre 250 a 500 bolhas pequenas vermelhas que aparecem na pele e que irão coçar. Quando uma criança pega, ela não deverá ir a escola, pois a catapora é de fácil transmissão, sendo que isso acontece através do contato com o líquido da bolha que estoura ou através de espirro ou tosse.

Essa vacina anti-varicela (vacina contra a catapora), pode prevenir totalmente a catapora ou tornar a doença menos agressiva, mas mesmo esses que com uma versão da doença moderada pode transmitir com facilidade a catapora para outras pessoas.

Vacina contra Catapora

Indicações da vacina contra a catapora

Normalmente a vacina contra catapora é indicada para crianças com mais de 12 meses de idade, e não tem limite, sendo que até adultos podem aplicar. É mais recomendado também para crianças em hospitais, profissionais da saúde que nunca tiveram catapora, pessoas que convive com imunodeprimidos, quem faz uso prolongado de ácido acetilsalicílico, ou quem pode produzir imunodepressão. Em adultos é indicado apenas caso não se tenha contraído a catapora quando era criança.

Grávidas podem tomar a vacina contra catapora?

Vacina contra catapora na gravidez

Vacina contra catapora na gravidez

Se você está grávida e contraiu a catapora ou está com medo pois não teve na sua infância, entenda melhor os procedimentos lendo o artigo aqui no site sobre Catapora na Gravidez. Catapora na Gravidez é coisa séria, então é de extrema importância que leia o artigo e que procure ajuda médica o quanto antes.

Catapora em crianças ou Bebês

Se o seu filho, seja ele um bebê ou uma criança um pouco mais crescida contraiu catapora, você deve ler o artigo Como a Varicela atinge as crianças.

Como A Varicela (Catapora) Atinge As Crianças

Sobre a Varicela

varicela

Causada pelo vírus Varicela Zoster (VVZ), a varicela costuma ser uma doença comum em crianças em grande parte do mundo, especialmente as que são menores de 12 anos de idade.

Começa surgir erupções cutâneas de manchas que parecem bolhas pelo corpo todo e pode ser acompanhado de sintomas de gripe. A varicela é muito contagiosa, portanto, a criança que estiver infectada (ou mesmo uma pessoa já adulta), deve ficar em casa e descansar até as erupções desaparecer.

As crianças podem ser protegidas contra o vírus varicela zoster se tomar a vacina da catapora (varicela). Essa vacina reduz as chances significativamente da varicela ser contraída. Ou caso ainda seja contraído, as crianças que foram vacinadas contra a varicela zoster geralmente tem casos mais leves, e a recuperação tende a ser mais rápido do que as crianças que não foram vacinadas contra o vírus.

Sintomas da Catapora

Geralmente a catapora (varicela) começa com uma febre, dores de cabeça, dor de garganta ou dor de estomago. Esses sintomas da catapora podem durar alguns dias, com febres aproximadas de 38° a 38°C.

Varicela Febre

A Varicela provoca uma erupção vermelha de pele. Geralmente começa coçar primeiro no abdômen, nas costas ou no rosto, e depois se espalha por quase todo lugar do corpo, incluindo o couro cabeludo, a boca, os braços, as pernas e os órgãos genitais.

As erupções começam com pequenas bolinhas vermelhas que se na verdade se parece com espinhas ou picada de pernilongo.  Mas durante 2 a 4 dias, a camada das bolhas podem se estourar fazendo as bolhas da catapora virar feridas.

O interessante é que todas as fases da varicela podem aparecer ao mesmo tempo, deixando a criança com vários tipos de erupções, desde as que não coçam até as que coçam muito.

As erupções podem ser maiores e graves em crianças que tem doenças de pele como eczema ou sistema imunológico fraco. A varicela geralmente causa menos danos as crianças pequenas, com menos bolhas do que as crianças mais velhas ou até mesmo os adultos.

Em alguns casos raros, podem ocorrer infecções bacterianas graves envolvendo a pele, pulmões, ossos, articulações e o cérebro.

Catapora na Gravidez é Sério e Deve Ser Tratado Já

Quando é descoberto catapora na gravidez, todos tende a ficar tensos, tanto a mãe, quanto o pai e todos da família. Acontece que no período da gestação, deve se ter muitos cuidados, desde a coisas pequenas como tomar tombos ou esbarrar em algo, até mesmo com doenças sérias.

O pior problema é que geralmente a catapora na gravidez não traz tantas complicações com a mãe, mas sim o maior risco é bom o bebê. Um exemplo claro disso é a catapora (ou varicela), que contraídas por gestantes pode ser ou não transmitida ao filho.

Gestantes que contraem catapora tem maiores risco de complicações graves, como pneumonia em 10 a 20% dos casos, e que pode até mesmo chegar ao óbito em 40% dos casos. É um número extremamente alto e a chance de se ter esses problemas são absurdamente grandes, por isso os cuidados devem se iniciar de imediato.

Os riscos da catapora na gravidez pode aumentar ou diminuir de acordo com o tempo de gestação. A gestante que contrai catapora no primeiro trimestre ou no começo do segundo trimestre tem um risco pequeno do bebê ter síndrome da varicela congênita (0,4 a 2%). Isso é um tipo de catapora caracterizado pelo abaixo peso no nascimento, cicatrizes na pele e/ou problemas nos braços, pernas, cérebro ou olhos.

O risco aumenta em muito quando o bebê está para nascer. Se for contraído a catapora entre dois e cinco dias antes do parto, o recém-nascido tem 30% de contrair a doença e esta evoluir a óbito.

Como evitar catapora na gravidez

Se você já teve catapora quando era criança, não precisa se preocupar. O seu corpo já produziu anticorpos, o que tornou imune a se infectar novamente pelo vírus e contrair catapora. Mas, se você nunca teve ou não se lembra de ter tido catapora, então deve evitar o mesmo ambiente com pessoas que estejam com catapora ou herpes zoster (infecção causa pelo mesmo vírus da catapora).

Eu já contrai catapora na gravidez, e agora?

Catapora na Gravidez

O seu médico provavelmente receitará o remédio aciclovir, que reduz a duração e a gravidade da catapora. Esse remédio só funciona se for usando dentro de 24 horas após o surgimento das erupções no corpo.

Depois do terceiro mês, os médicos tem receio de receitar esse remédio devido a um risco em tese de afetar o bebê. Então, geralmente é indicado e é mais seguro para mulheres que estão com menos de 20 semanas de gestação.

Como saber se a catapora na gravidez afetou o meu bebê?

Para saber enquanto o bebê ainda está em formação, é possível fazer um ultra-som para detectar anomalias congênitas, embora não existe uma total garantia de que o bebê nascerá sem sequelas.

A ultra-sonografia morfolófica poderá ser realizada entre a 18ª e 20ª semana de gestação para verificar como estão os órgãos vitais do bebê, se estão bons ou se apresentam alguma anomalia. Seu médico ou o ultra-sonografista tentará ver se o cérebro e os membros do corpo do bebê estão se desenvolvendo conforme o esperado.

Ainda não tive catapora, é bom tomar a vacina de catapora?

Se você estiver grávida, não poderá tomar a vacina contra catapora. Mas se ainda não estiver, poderá fazer isso, mas para engravidar terá que esperar três meses após tomar a vacina contra catapora.

Tem como saber se sou imune a catapora?

Sim, é possível fazer um exame de sangue em que será verificado se existem anticorpos da catapora no seu corpo. Mas esse exame deve ser realizado de 24 a 48hs após o contato com a catapora.

Se o resultado do exame mostrar que você não possui anticorpos, significa que não é imune a catapora e portanto, que existe grandes chances de você ter contraído após ter se exposto a catapora.

Então, nesse caso, os médicos podem receitar para você uma injeção de imunoglobulina antivaricela zoster (VZIG), em que ajudará a amenizar a gravidade da infecção. E para ser mais eficaz essa injeção, deverá ser tomada em até dez dias após ser exposto a vírus da catapora.

Conclusão

catapora gravidez

Contrair catapora na gravidez, como pode perceber, é algo extremamente sério e que pode inclusive chegar ao óbito do recém-nascido. Infelizmente não é possível prevermos isso, e geralmente só procuramos nos cuidados depois que enfrentamos alguma situação difícil.

Então, se você ainda não está grávida mas pretende engravidar (ou mesmo que não pretende, pois gravidez indesejada acontece a todo momento) procure um médico para ele te ajudar nesse sentido. Ter em sua responsabilidade uma vida já é difícil, imagine se houver diversas complicações como essas citadas.

Mas, se por acaso você está gravida e contraiu a catapora, vá um médico URGENTE, pois isso é realmente MUITO SÉRIO.

Deixe seu comentário abaixo nos contando sobre sua experiência ou alguma dica interessante. Vamos fazer desse assunto algo de extrema importância.